É sempre assim. Agenda nova, pessoal voltando de férias e um ano inteiro pela frente. É impossível não bater aquela sensação revigorante que nos dá vontade de planejar tudo. Bom, essa é a hora mesmo.

Coloque no papel tudo que te marcou o ano passado. Conquistas pessoais, momentos importantes, realizações na carreira, cursos que gostou de ter participado, pessoas que deixaram boas lembranças. Do outro lado, coloque as mancadas, as falhas de processo, as vezes que os projetos não vingaram ou as ideias que ficaram pelo caminho. Vamos colocar tudo isso na balança.


Como só queremos o que há de bom, olhe para os pontos negativos e crie uma solução para cada um. É fácil. Se uma das mancadas foi não dedicar tanto tempo para atividades físicas, transforme isso em meta: uma corrida no parque pelo menos duas vezes na semana. Caso você tenha sido desatento com processos de trabalho, defina para o novo ano esse objetivo específico e lembre-se dele.


Feito isso, temos uma série de motivos inspiradores para fazer de 2015 o seu ano. Agora vamos criar metas para cada um deles, então separe da seguinte forma:


Pessoal > como estar mais próximo de quem você ama?
Financeira > o que te faria uma pessoa mais realizada nas finanças?
Espiritual > como obter paz de espírito para não perder o rumo?
Lazer > nunca se esqueça, você não é uma máquina! Divirta-se sempre que pode.
Educacional > qual curso pode acrescentar à sua carreira?

Anote em sua nova agenda, ou em post-its no seu mural ou mesmo em algum aplicativo do celular. Deixe sempre à mostra, todos os dias, e cuide para que em 2016 voltemos a fazer esse processo com metas cadas vez melhores.

Comment