Já temos um número considerável de espaços de coworking disponíveis no Brasil. O que te dá, claro, chance de escolhas. E se você pretende usufruir de um deles, saiba o que você deve procurar antes de ligar seu notebook.

Fotolia_24523904_Subscription_XXL.jpg

Conforto e ambiente: a última coisa que você quer é algo parecido com seu antigo escritório, com cores mortas e cadeiras desconfortáveis. Dê uma olhada no site do espaço de coworking que está interessado e veja as fotos do lugar. Se não achar nenhuma, é porque eles têm algo a esconder.

Espaços variados de trabalho: é obrigatório a todos trabalhar na mesma mesa? Você precisaria brigar pelo lugar bom? Há opções para grandes equipes? O ideal é que o espaço proporcione opções diferentes, e que você escolha qual o canto mais ideal para a sua produtividade na hora. Mesas, puffes, redes e até jardins? Sim, por favor.

Sala de reunião: Essencial. Nem toda reunião tem que ser pública e aberta. Veja se o espaço tem uma sala de reunião com portas, e quais os recursos que você precisaria usar, como telão, flipchart, lápis e papel, etc. Observe, também, se seu plano de adesão prevê horas incluídas de uso da sala de reunião.

Planos diversificados: uma das coisas legais do coworking é a flexibilidade de horário que ele proporciona. Veja com o representante do espaço se existem planos que se encaixam nas suas necessidades e que nível de associação você precisaria para isso; planos por hora, por mês, por visita, etc.

Pessoas: Poxa, esse é o barato do coworking! E coloco no plural mesmo. As pessoas são a parte mais importante do coworking. Veja quais os tipos de membros que você vai encontrar, seus ramos de atuação e quais os dias que costumam ter menos gente. Assim você pode optar por trabalhar em dias que proporcionem mais interação.

[tradução adaptada do The Coworking Blog]

Fonte: http://www.movebla.com/395/o-que-voce-deve-procurar-em-um-espaco-de-coworking/ (Adaptado)

Comment