Cada vez mais os jovens estão empreendendo. Segundo a última pesquisa sobre "Empreendedorismo no Brasil", realizada em 2013 e divulgada no portal startupi.com, entre os 123 milhões de brasileiros economicamente ativos, a maior faixa etária com empreendedores (TEA) é a de 25 a 34 anos (21,9%). No grupo de empreendedores iniciais, essa mesma faixa representa 1/3 do universo estudado. A pesquisa foi realizada pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), com o apoio do Sebrae nacional.

Segundo análise de Márcio Brito, coordenador de Projetos de Startups do Sebrae Nacional, um ponto apresentado na mesma pesquisa e que pode facilitar o entendimento dessa transformação é o fato de que o processo de empreender está em transição entre um modelo orientado da eficiência para a inovação. Estar conectado, preparado, informado e capacitado são características naturais do jovem empreendedor, que fazem toda a diferença na hora de criar uma startup.

Um novo perfil de empreendedor que podemos chamar de “STARTUPRENEUR”

O Startupreuner tem no DNA uma flexibilidade que é utilizada em todas as etapas do negócio - da escolha do ambiente à forma de enfrentar as dificuldades. A opção por espaços compartilhados, como o coworking, por exemplo, é uma tendência quase que absoluta pra quem tem este perfil de empreendedor: gosta de compartilhar ideias, ouvir conselhos, aprender com a experiência dos outros e sabe trabalhar em grupo. Além disso, um perfil flexível prefere metodologias e processos mais enxutos na gestão dos negócios, otimiza a comunicação com o cliente para a validação de sua ideia e considera o "erro" como um aprendizado positivo.

E você, se considera um startupreuner?

Comment